O seu sítio multilingue e WordPress, aliança perfeita

sitio-multiidioma-wordpress-plugin wpml

O objetivo desta publicação é mostrar a importância da internacionalização da sua página Web, convertendo-a num sítio multilingue, graças ao WPML, o plug-in de tradução de idiomas para WordPress mais completo e intuitivo (sempre a partir da nossa experiência, claro!).

Esperamos que esta entrada desperte a sua ambição e se decida a dar o passo, expandindo as possibilidades de alcance da sua página Web, comunicando com o mercado potencial que espera conteúdo no seu idioma. Porém, tudo isto não pode ser feito pela WordPress por si só, daí a necessidade de instalar, configurar e utilizar o WPML, o tradutor do WordPress.

Porquê um sítio multilingue?

Num mundo globalizado, é impossível pensar que a sua página web em espanhol é suficiente para chegar ao seu mercado potencial.

Se procura rentabilizar o seu negócio através da internet, sem dúvida alguma, necessita de uma página multilingue. Deveria aproveitar uma das grandes vantagens da internet: a sua capacidade para unir e conectar toda a gente, esteja onde estiver.

É vital que ofereça os seus conteúdos em diferentes idiomas, para assim se abrir a novos mercados nos quais, sendo sinceros, seria muito complicado competir sem falar com as pessoas no seu idioma nativo. E por muito que o inglês seja o idioma global, há uma percentagem muito elevada de pessoas que só dominam a sua língua materna, sem esquecer que falar com o seu cliente potencial no seu idioma fará gerar uma confiança que não poderia alcançar de nenhuma outra forma.

Dito assim, aparenta ser uma tarefa bastante complicada, mas com o WordPress torna-se mais simples do que parece, graças a certos plugins que lhe facilitarão o trabalho.

Porquê o WordPress?

Na hora de procurar um gestor de conteúdos para o seu projeto web, sem importar se será uma loja online, uma web corporativa ou um blogue, o WordPress constitui uma opção a ter em conta.

Se falarmos de números, cada vez são mais as webs que utilizam este gestor de conteúdos. Nos dias de hoje, mais de 60% das páginas web que utilizam CMS foram construídas em WordPress, enquanto este gestor representa mais de uma em cada cinco de todas as webs…avassalador, não é verdade?

Estas cifras devem ser lidas como uma oportunidade para apostar num CMS com grandes vantagens: é facilmente escalável, é de código aberto, conta com milhares de modelos disponíveis (muitos deles gratuitos) e apresenta uma infinidade de plugins, entre eles, o tão útil WPML.

Mais informaçao sobre como usar WPML!

Se tudo isto lhe parece pouco, não perca o que temos para si:

4.1 (82.86%) 7 votes

Social Media Manager en BigTranslation. Publicitaria apasionada de las redes sociales, los blogs y la traducción.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *