Como traduzir em WPML (parte I)

Cómo traducir en WPML (parte I)

Depois da instalação e configuração do plug-in WPML do WordPress, chegou o momento de traduzir os conteúdos da sua página Web. Mãos à obra!

Embora haja muitas formas de localizar e traduzir os conteúdos em WordPress, a melhor maneira é, sem dúvida alguma, ser o proprietário ou ter acesso como administrador. Na BigTranslation vamos centrar-nos em dois casos: é tradutor e deseja traduzir o seu próprio sítio Web ou é tradutor de uma página Web à qual tem acesso como administrador.

Traduzir o título e a descrição curta do sítio web

Antes de começar, é necessário acentuar que para poder aceder à tradução destes dois elementos, deve adquirir a versão completa do WPML, pois que é necessário ter instalado o complemento WPML String Translations, chamado Tradução de strings, o add-on que lhe permite traduzir tudo o que não seja uma entrada, uma taxonomia ou uma página.

Agora sim, começamos. Para os motores de busca, tanto o título da página web como a descrição curta são vitais, pelo facto de oferecer a informação mais relevante com respeito à temática do seu sítio web. Assim não há nenhuma dúvida de que a sua tradução é fundamental.

Estes dados tão necessários sobre o seu sítio web do WordPress poderá encontrá-los no menu Ajustes > Gerais.

Para traduzir todos estes elementos, deverá aceder a WPML > Tradução de strings. Uma vez aí, no menu suspenso “Selecionar strings dentro do domínio, selecione o contexto “WP” (entre parênteses é indicada a quantidade de strings) e faça clique no botão procurar. Agora só lhe falta clicar no link “traduções” e começar a tradução em cada uma das casinhas habilitadas por idiomas.

Contudo, a tradução de strings não é utilizada unicamente para estes elementos; noutra secção veremos como traduzir widgets e outros strings, simplesmente escolhendo outro contexto no menu suspenso.

Traduzir páginas e os seus elementos

Uma vez traduzidos o “nome e apelidos” do seu sítio web, é hora de começar com as páginas. Para o caso de ter dúvidas, as páginas em WordPress são aquelas que incorporam todo o conteúdo estático, como podem ser as típicas “A empresa”, “Contacta connosco”, “O que oferecemos? e, claro, a página principal, também chamada Home.

Entrando na matéria, para traduzir estes elementos tem de se dirigir ao menu de Páginas em WordPress e clicar no sinal + que se situa ao lado de cada uma delas. A seguir, vai aparecer uma página em branco, a tradução da página que selecionou.

Seguidamente, para poder vincular, embora de forma independente, a página no idioma original e a página no idioma traduzido, será necessário clicar em “Copiar conteúdo do Espanhol”.

Existe outra opção, clicar em “Sobrescrever com o conteúdo em Espanhol”, embora neste guia WPML não a recomendemos, pelo facto de que, no futuro, cada alteração na página original produzirá um efeito em cadeia nas páginas traduzidas.

Sem dúvida alguma, os primeiros elementos que deveria traduzir são o título da página e o URL; no caso do título estaríamos a falar de um título curto como os que mencionámos anteriormente: A empresa, O que oferecemos? etc. e no caso do URL (slug em concreto) seria traduzir a parte final do URL, como poderia ser https://www.bigtranslation.com/es/interpretacion e a sua tradução francesa https://www.bigtranslation.com/fr/interpretation

Cabe destacar que, normalmente, o próprio WordPress cria automaticamente o slug com o título da página, mas pode querer dar-lhe um nome diferente, pelo que deverá clicar em “Editar” e modificá-lo.

A tradução do conteúdo pode ser feita diretamente no quadro de texto, embora tenha de ter em conta vários elementos:

  • Embora de forma ortodoxa costuma-se recomendar traduzir na parte de “Texto” (escrita em html), se tiver cuidado e conhecer os formatos de texto do WordPress, torna-se mais simples e rápido fazer a tradução na parte “Visual”. Aconselhamos que mantenha aberta a página original enquanto estiver a modificar a página traduzida. Se tiver dúvidas, pode sempre consultar as etiquetas na parte “Texto”.
  • Deve ter em conta os shortcodes (um exemplo poderia ser um botão). Os shortcodes, parecidos com etiquetas html, normalmente também precisam de ser traduzidos, pelo que na parte “Texto” localizará o fragmento a traduzir entre parênteses retos ([ ]), em vez dos recorrentes < >. A nossa recomendação para saber exatamente o que traduzir é manter aberta em paralelo a página web, uma informação visual de grande valor. A título de exemplo, um shortcode de botão seria [Button text=”Mais info”], cuja tradução em inglês seria [Button text=”More info”].
  • Também não se pode esquecer dos links. No caso do conteúdo da sua página conter links para outras páginas e/ou entradas, deveria mudar o URL para o do idioma que está a traduzir.

Uma vez traduzido o conteúdo, vamos mostrar-lhe como prosseguir com uma das partes mais importantes: as opções SEO. Na hora de traduzir estas secções, não importa o plugin SEO que utilizar, já que deverá traduzir estas metaetiquetas:

  • Título do documento, também chamado title, a etiqueta mais importante do SEO. Este texto é aquele que verá na parte superior do navegador em cada uma das páginas, embora também seja o título que vai aparecer nos resultados de busca, como nos do Google.
  • Descrição da página ou description. Como o seu nome bem indica, é o texto que descreve as páginas de forma breve. Normalmente, os motores de busca colocam-na debaixo do URL nos resultados da procura.
  • Palavras-chave, também conhecidas como keywords. As palavras-chave constituem uma lista de termos que descrevem a temática da página. No seu momento foram muito procuradas pelos buscadores, mas agora não, embora haja a referir que alguns buscadores (como por exemplo o Yandex) as seguem considerando que uma má utilização das mesmas pode afetar o posicionamento.

Seguidamente, mostramos-lhe uma captura de ecrã para que comprove os quadros que lhe vão aparecer com as opções SEO. No nosso caso, utilizamos o plugin WordPress SEO by Yoast.

Mais informaçao sobre como usar WPML!

Se tudo isto lhe parece pouco, não perca o que temos para si:

4.3 (85.45%) 11 votes

Social Media Manager en BigTranslation. Publicitaria apasionada de las redes sociales, los blogs y la traducción.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *