WPML: O tradutor do WordPress e alternativas

WPML: El traductor de WordPress y sus alternativas

Nesta publicação, pretendemos aprofundar a importância do WPML como plug-in estrela para utilizar como tradutor do WordPress, um passo cada dia mais interessante se a sua intenção for internacionalizar o seu conteúdo. Continue a ler se quiser saber mais!

O que é o WPML?

Se utiliza habitualmente o WordPress e tenciona traduzir a sua página web para outro idioma, deparou-se com o inconveniente de que este CMS não inclui a funcionalidade multilingue, pelo que é necessário recorrer a um plugin; é aqui que entra em ação o WPML.

WPML (siglas de WordPress Multilingual) é o plugin mais conhecido e completo na hora de gerir traduções em WordPress, tendo em conta a sua compatibilidade total com o Woocommerce e o seu bom serviço de apoio.

Trata-se de um plugin que permite realizar profissionalmente a tão necessária localização e tradução das páginas web do WordPress. Referimo-nos a um plugin utilizado por mais de 400.000 sítios web de caráter comercial, pelo que tantos usuários como desenvolvedores web não podem estar equivocados.

Este plugin foi desenvolvido em 2007 por OnTheGoSystems e a sua primeira versão foi publicada gratuitamente, embora esta situação tenha mudado com o tempo.

Atualmente foi convertido num plugin Premium com um custo bastante acessível, sobretudo tendo em conta que foi incrivelmente melhorado o seu apoio técnico que acrescenta inúmeras vantagens a qualquer sítio WordPress.

Porquê o WPML? Existem outras opções?

Claro que o WPML não á a única opção se quiser traduzir a sua página web para outros idiomas; neste guia WPML mencionaremos duas das alternativas mais fortes com as quais conta este potente plugin: qTranslateX e Polylang.

qTranslateX

Baseado no extinto qTranslate, este plugin chegou a ser o plugin de tradução gratuito do WordPress mais utilizado pelos usuários.

Entre as suas vantagens, podemos mencionar que é gratuito, além de que permite mudar de idioma através de um sistema de pestanas muito simples e de que não cria tabelas adicionais na base de dados, algo que se deve agradecer.

Pelo contrário, conta com muitos inconvenientes. Alguns dos modelos do WordPress não funcionam corretamente quando interatuam com este plugin, além de dispor de um suporte muito limitado. No que respeita a atualizações, também não funciona bem, pois é possível que demore algum tempo a arranjar uma que seja compatível com a nova versão do CMS. Por último, mas não menos importante, traduzir certos elementos pode-se converter numa tarefa bastante complicada (formulários de contacto, sliders…).

Polylang

Estamos perante um plugin de tradução simples de utilizar, leve e com um suporte mais do que aceitável. Atualmente roubou o lugar ao qTranslateX como plugin de tradução gratuito mais popular do WordPress, com opiniões muito favoráveis por parte dos usuários.

Apresenta a grande vantagem de ser gratuito e de, além disso, não consumir demasiados recursos. Por outro lado, não nos podemos esquecer de que existem temas com os quais não funciona corretamente e que é um plugin desenvolvido por uma única pessoa, o que pode fazer com que em algum momento perca compatibilidade com o WordPress.

Dito isto, se não deseja utilizar um plugin pago, conta com estas e outras alternativas gratuitas para traduzir o seu sítio web, mas não se deve esquecer que perderá funções e caraterísticas em comparação com o WPML.

Agora sim, WPML

As principais vantagens que o WPML nos oferece são as seguintes:

  • Permite otimizar o seu sítio web de maneira independente, isto é, idioma a idioma. Além disso, é compatível com os principais plugins SEO do WordPress.
  • O trabalho envolvido nota-se que foi feito por profissionais, já que conta com colaborações constantes com outros plugins líderes, com o fim de assegurar compatibilidades, além de proporcionar atualizações com tempos muito bons.
  • Período de experimentação. Conta com um período de experimentação de 30 dias, durante o qual o seu dinheiro será devolvido se não estiver satisfeito com o plugin, e sem perguntar o motivo!
  • Instalação e configuração. Todo este processo é muito simples, rápido e seguro, sem necessitar de conhecimentos de programação.
  • Comércio eletrónico. É totalmente compatível com o WooCommerce.
  • Utilização. Com uma configuração básica, é possível traduzir todo o sítio web desde o primeiro momento e de forma muito simples.

Contudo, como acontece com qualquer outro plugin, também apresenta os seus inconvenientes:

  • Preço. Embora originalmente se tratasse de um plugin gratuito, atualmente devemos escolher uma modalidade de pagamento. Apesar deste pequeno ponto contra, estamos a falar de um preço acessível, para mais tendo em conta que, com um único pagamento, podemos utilizar o WPML em qualquer das páginas web WordPress que tenhamos. Aprofundaremos o assunto no próximo ponto.
  • Tabelas adicionais. Ao contrário do que ocorre com outros plugins, o WPML cria tabelas adicionais na base de dados, o que pode dar lugar a que o backend possa às vezes ser mais lento, embora nunca afete o frontend.

Mais informaçao sobre como usar WPML!

Se tudo isto lhe parece pouco, não perca o que temos para si:

3.8 (76.67%) 6 votes

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *